Avaliação Neuropsicológica

Entenda um pouco sobre Avaliação Neuropsicológica...

A Avaliação Neuropsicológica é o estudo detalhado das funções cognitivas e de sua relação com o comportamento humano. O processo de avaliação é frequentemente utilizado para identificar potencialidades e déficits no funcionamento cognitivo. 



Diferentes testes e procedimentos padronizados de avaliação são utilizados para investigar distintos aspectos cognitivos, intelectivos e sua influência no comportamento de cada pessoa. 

Alguns exemplos de aspectos investigados: 

  • Memória
  • Atenção
  • Funções executivas
  • Processos linguísticos​​​
  • ​Funcionamento intelectivo​​
  • Processamento visuoespacial

Como funciona?

  • Estilos de aprendizagem
  • Velocidade de processamento
  • Funções sensorio-perceptuais 
  • Motivação/sintomas de validade

Aspectos psicossocias, comportamentais Durante a avaliação, cada uma dessas funções é analisada por meio de testes e tarefas neuropsicológicas, que são um conjunto de atividades que exigem do paciente um determinado desempenho. Por exemplo, na avaliação de memória, o paciente é submetido a algumas tarefas para ver se consegue aprender novas informações e se lembrar delas mais tarde. E por aí vai! Os testes e as tarefas neuropsicológicas são muito variados e é responsabilidade do neuropsicólogo escolher o que é necessário para cada paciente e cada queixa.

O último ponto que eu quero destacar é que o humor e o comportamento são elementos muito importantes numa Avaliação Neuropsicológica. O humor possui influência na cognição. Uma pessoa deprimida tem mais dificuldades cognitivas que alguém não-deprimido. Humor é energia, é disposição, por isso entender como está essa energia ao longo do tempo é fundamental. E os testes e questionários nem sempre conseguem perceber essa disposição, é essencial que o neuropsicólogo fique atento. O comportamento é uma exibição de como o cérebro está trabalhando. Entendo, portanto, que o verdadeiro propósito da neuropsicologia é passar por esses três elementos, que só andam juntos, mas que a gente cisma em tentar separar: cognição, humor e comportamento.

Etapas da Avaliação Neuropsicológica:

  1. Entrevista no qual é feita a coleta de informações sobre histórico de desenvolvimento do paciente, exames, encaminhamentos,etc. (se for criança, ela não precisa ir nesse dia).
  2. Bateria de testes: testes de atenção (concentrada, dividida e alternada), memória, linguagem, QI, velocidade de processamento, flexibilidade cognitiva, escala de estresse infantil, teste de desempenho escolar, rastreio de demência, escala de ansiedade/depressão, etc. realizados em sessões de 50 min com intervalo de 1 semana entre elas. O número de sessões depende do desempenho do paciente. Importante frisar que estes testes são para crianças a partir de 2 anos.
  3. Entrega do laudo após 15 dias.